Diante de Jesus presente no sacramento de amor, os religiosos do Instituto Filhos da Pobreza do Santíssimo Sacramento prostram-se todos os dias em perfeita adoração. Esse é um ato de fé, é abaixar-se e confiar em quem ama a humanidade, criada à Imagem e semelhança de Deus. Neste momento de oração, todos os fiéis acreditam neste amor, que é o caminho, a verdade e a vida, e entregou-Se todo para que os homens salvassem a alma.

“O ato de fé não necessita de muitas palavras; trata-se de um olhar simples que se deve dirigir a Deus com admiração e com amor. É olhar para os mistérios da salvação – a encarnação, paixão, morte e ressurreição de nosso Senhor, principalmente – e dizer: “Eu creio”. Mas esse ato de fé não é separado do amor, já que a caridade dá forma a todas as virtudes; a fé é acompanhada de admiração, amor e gratidão.[…]”1

No mês de junho, a Igreja celebra o Sagrado Coração de Jesus e o Imaculado Coração de Maria. A linda devoção ao Sagrado Coração de Jesus aproxima os fiéis da Adoração a Jesus presente neste sacramento de amor e a receberem a Sagrada Comunhão na primeira sexta-feira de cada mês, atitudes que derramarão inúmeras graças, estas prometidas por Jesus a Santa Maria Alacoque. Ao Imaculado Coração de Maria, a Santa Igreja Católica ensina a Reparação da devoção dos cinco sábados. Quem melhor que a Nossa Mãe Santíssima para levar-nos a Jesus? A Virgem Píissima disse à Irmã Lúcia:

“Olha, minha filha, o meu Coração cercado de espinhos que os homens ingratos a todos os momentos cravam com blasfêmias e ingratidões. Tu, ao menos, vê de Me consolar, e dize que todos aqueles que durante cinco meses, no primeiro sábado,

– se confessarem,

– recebendo a Sagrada Comunhão,

– rezarem um Terço e

– Me fizerem quinze minutos de companhia meditando nos quinze mistérios do Rosário com o fim de Me desagravar,

Eu prometo assisti-los na hora da morte com todas as graças necessárias para a salvação dessas almas.”2

Outra riqueza de nossa Igreja Católica Apostólica Romana é a celebração do Preciosíssimo Sangue de Cristo no mês de julho, a qual aproxima os fiéis de Jesus no Santíssimo Sacramento e oferece os caminhos para a salvação da alma. Nela, recorda-se que o Amado entregou-se na cruz, derramou seu sangue para redenção da humanidade e lembra que Ele está presente no Sacramento da Eucaristia:

“Nos ajoelhamos diante de Ti, ó Sangue Misericordioso do Cristo,

Cuja a redenção nos traz a graça da salvação

Formado no seio virginal da Divina Mãe,

Pela intervenção milagrosa do Todo Poderoso […]

Este Sangue é como um largo rio,

Como um largo rio de águas vermelhas,

Cujas ondas impetuosas derramando-se da cruz

Molham e fecundam a nossa terra

O antigo pecado, então se apagou inteiramente

E o velho fermento do mal foi destruído.

E que frutos maravilhosos, em suas margens mantêm.

É este Sangue espalhado que traz o perdão para os culpados.”3

Observa-se que são muitos os meios pelos quais Deus se utiliza para aproximar os fiéis da Eucaristia, este sacramento de amor do qual Ele derrama inúmeras graças. Irmãos, nas casas fraternas do Instituto há diversos momentos de Adoração, participe ou procure na sua paróquia para dirigir-se a Deus com admiração e amor.

Endereço das casas fraternas do Instituto: https://tocadeassisirmaos.org.br/#ondeestamos

 

 

1 – Oração: a porta da santidade: https://padrepauloricardo.org/episodios/oracao-a-porta-da-santidade

2- Reparação ao Imaculado Coração de Maria: https://pt.aleteia.org/2017/08/04/reparacao-ao-imaculado-coracao-de-maria-por-que-e-como-fazer/

3 – Música: Hino ao Preciosíssimo Sangue – Toca de Assis